Um smartphone pode ser um bom e indispensável companheiro no dia a dia, mas há uma hora em que é preciso aposentar o antigo aparelho e comprar outro. Qual é o melhor momento para fazer isso? Problemas técnicos ou configurações defasadas estão entre os fatores que devem ser levados em consideração. Confira seis sinais de que está na hora de trocar de smartphone.

Como reiniciar um smartphone travado?
Aparelhos antigos como o iPhone 3GS podem oferecer uma péssima experiência ao usuário (Foto: Divulgação/Apple)Aparelhos antigos como o iPhone 3GS podem oferecer uma péssima experiência ao usuário (Foto: Divulgação/Apple)

1. Travamentos

Um dos primeiros indícios de que há algo errado com o celular são os travamentos. Se o celular está apresentando congelamentos repentinos, talvez seja melhor considerar a substituição. No entanto, antes disso, faça uma pequena investigação.

O primeiro passo é lembrar a primeira vez que o telefone travou e o que você estava fazendo na hora. Se isso é um problema frequente, reflita sobre as atividades que fazem o aparelho travar. Entre as causas podem ser uma atualização mal-sucedida do sistema ou um aplicativo problemático. Caso não encontre nada, considere a formatação do aparelho, uma ajuda da assistência técnica e, por fim, a troca do celular.

2. Esquentando

A elevação da temperatura de um smartphone durante um uso mais pesado é algo normal, especialmente quando a atividade envolve a rede de celular. No entanto, se o telefone estiver com este problema mesmo em momentos de baixo uso, isso pode ser um mau sinal.
Telefones antigos como o Lumia 800 tendem a esquentar mais facilmente mesmo com tarefas simples (Foto: Divulgação/Nokia)Telefones antigos como o Lumia 800 tendem a esquentar mais facilmente mesmo com tarefas simples (Foto: Divulgação/Nokia)

3. Memória insuficiente

Não há nada mais incômodo do que ter que apagar seus dados porque o celular não tem mais espaço, certo? Memória insuficiente poder ser um grande motivo para trocar o seu aparelho velhinho. Se você tem um smartphone Android, confira as dicas do TechTudo sobre como resolver esse problema.

Antes de abandonar o celular, cheque também se ele possui entrada para cartão de memória. Caso você já esteja usando um, veja se é possível expandir a partir de um acessório maior. Por fim, caso suas tentativas não deem certo, a melhor saída é procurar um aparelho com um armazenamento maior ou espaço para microSD maior.

4. Sistema desatualizado

Android 2.3? Windows Phone 7? iOS 6? Se você está usando um sistema bastante antigo, talvez seja melhor considerar a substituição do aparelho. Além de recursos ausentes e poucas funcionalidades, os smartphones com plataformas antigas não conseguem rodar aplicativos feitos para sistemas mais recentes. Fora isso, o usuário está exposto a grandes riscos de segurança, já que este não recebem mais correções.
Sistemas desatualizados e aparelhos antigos podem ter dificuldade até para rodar o WhatsApp (Foto: Elson de Souza/TechTudo)

5. Poucos recursos

A cada novo lançamento, as fabricantes adicionam novos recursos aos aparelhos. Embora muitos não sejam considerados essenciais, há funcionalidades úteis como sensores para rastreamento de atividades físicas, que dispensam o uso de acessórios. Há também funcionalidades que ajudam na potência do aparelho, como no carregamento mais rápido do telefone e na economia de energia.

6. Bateria pequena demais

Chegar à metade do dia com o celular já descarregado incomoda bastante. Embora isso atinja também aparelhos novos, quanto mais velho o telefone for, mais a bateria sentirá o “baque”. Caso suspeite que o componente está “viciado”, considere a troca da bateria. Se não resolver ou não quiser gastar dinheiro com isso, confira a lista do TechTudo com os aparelhos com as melhores baterias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *